Em 27 de agosto, recebemos na FIESP o Diretor da Ancine, Vinicius Clay e o Assessor da Diretoria, Alex Braga, futuro Presidente.

A reunião foi extremamente produtiva e dentre muitas questões, 3 pontos emergenciais foram tratados e recebidos muito bem pela Ancine:

1. Digitalização de documentos para prestação de contas antigas: A Ancine reconhece que esta é uma preocupação; pedimos que seja dado um prazo de pelo menos 6 meses para que as produtoras possam preparar e atender a esta demanda.

2. Liberação de recursos depositados em conta: solicitamos que a Ancine estabeleça para seus funcionários um prazo máximo para que o dinheiro em conta, quando solicitada a liberação, seja cumprido. Desta forma os produtores poderão se organizar melhor.

3. Prorrogação do prazo de captação: a Lei Aldir Blanc permitiu a prorrogação dos prazos de realização dos projetos, mas não dos prazos de captação. Sem a captação, projetos que estão em andamento correm o risco de não ser realizados. A Ancine concordou com esta ideia e vai buscar uma solução.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário